❇️ A proteína C-reativa alta surge na maior parte dos processos inflamatórios e infecciosos do corpo humano, podendo estar relacionada com diversas situações como presença de bactérias, doenças cardiovasculares, reumatismo e, até, rejeição de um transplante de órgão, por exemplo.
.
❇️ Em alguns casos, os valores da PCR podem indicar a gravidade da inflamação ou infecção:
.
▪️Entre 1,0 a 10,0 mg/L: geralmente indicam inflamações leves ou infecções ligeiras como gengivite, gripe ou resfriado;
▪️Entre 10,0 a 40,0 mg/L: pode ser sinal de infecções mais graves e infecções moderadas, como catapora, COVID-19 ou outra infecção respiratória;
▪️Mais de 40 mg/L: geralmente indica infecção bacteriana;
▪️Mais de 200 mg/L: pode indicar septicemia, uma situação grave que coloca em risco a vida da pessoa.
.
❇️ O aumento desta proteína também pode indicar doenças crônicas e por isso o médico deve solicitar outros exames para tentar descobrir o que levou o seu aumento na corrente sanguínea, já que a PCR não é capaz, sozinha, de determinar a doença.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp